Fly Tyer Executivo

Texto e Fotos: 100
E-mail do autor: semarchi@sanet.com.br


    Quando se fala em fly, também se fala do atado de mosca, visto que para se pescar nesta modalidade precisa-se do fly ou mosca como isca. O atado da mosca acaba sendo um outro tipo de pescaria, digo terapia, para os pescadores. Para a confecção das moscas, uma grande diversidade de materiais como pêlos de cervos, penas, materiais sintéticos e uma infinidade de outros materiais, aliados a um número bem razoável de tesouras, pinças, bobinas, linhas, colas...., acabam por fazer uma bagunça considerável. A minha intenção aqui, é auxiliar na organização dos materiais, com algumas idéias de confecção fácil e barata, já testadas por bastante tempo, e que me ajudaram a resolver estes probleminhas.

 

 

 

    Material Necessário
 
1 mala de executivo (pode até ser de couro, mas a minha é daquelas de R$ 20,00).
1 caixa plástica de 35,5 x 22,0 x 5,0 cm, com tampa e divisões ajustáveis (encontrada em todas as lojas de pesca).
1 bloco de madeira de 25,0 x 3,5 x 2,5 cm (dê preferência para a madeira mais dura que você achar, pois é nela que irá se fixar a morsa (vise)). Obs.: As medidas da caixa plástica e do bloco de madeira, são do exemplo das fotos, você poderá adequá-las à sua necessidade.
Elástico encapado para a fixação de tesouras, pinças, etc. (você também pode pegar o elástico que vem nestas pastas de papel, como é o caso desta figura).
Um pedaço de velcro, para segurar a tampa da caixa plástica aberta.
Parafuso e porcas para a fixação da morsa. Uma grande quantidade de morsas tem uma extensão da haste, que é aparafusada. Normalmente esta é uma rosca especial, portanto, deve-se ter o cuidado de levar a morsa à casa de parafusos para que seja comprado o parafuso certo, principalmente com relação ao tipo de rosca.
3 Parafusos para madeira, para fixação do bloco de madeira na mala.
Cola quente para a fixação do elástico na tampa da caixa plástica.

 
 

    O Processo
 
1-Colocação do bloco de madeira, para a fixação da morsa:
Primeiramente, fixe o parafuso (que irá prender a morsa) de forma passante na ponta do bloco de madeira, de forma que a rosca fique exposta e para cima. Feito isto, passe cola branca e fixe o bloco de madeira na lateral da mala, através de 3 parafusos, dois na parte dianteira da mala e um na lateral.
 
2-Instalação do elástico na tampa da caixa plástica:
Use duas tiras de elástico. Faça furos passantes na tampa e prenda nestes furos o elástico, fixando com cola a quente na região dos furos. Existem várias formas para a fixação do elástico.
 
3-Fixação da caixa plástica na mala:
A fixação da caixa plástica deve ser feita primeiramente com cola quente para que fique mais firme e fixa e depois aparafusada no fundo da mala. Dois cuidados essenciais são necessários: fixe a caixa plástica no centro da mala, deixando assim, espaço a sua volta para que se possa guardar colas, tínsel,...; tenha o cuidado na hora da escolha do parafuso que irá fixar a caixa plástica ao fundo, pois ele não deve perfurar por completo o fundo da mala.
 
4-Colagem do velcro:
A colagem do velcro deve ser feita na parte de cima da tampa da caixa plástica, no centro e o mais próximo do fecho. A outra parte deve ser fixada na parte interna da tampa da mala. Tome o devido cuidado para que as partes de velcro coladas, fiquem alinhadas. Para esta colagem, use araldite, pois outros tipos de cola como super bonder ou as tradicionais colas de contato não dão resultados eficientes ao longo do tempo.
 
    E, pronto, você já pode organizar a sua tralha de atado de mosca, e também poderá trancá-la para maior segurança. Para viajar, nem se fala, é de uma praticidade imensa.