Grizzly Wulff

Texto e Fotos: Sergio E. Marchioni (100)
E-mail do autor: pescacommosca@uol.com.br


    Criada por Dan Bailey em 1936, esta é mais uma mosca seca que advém das séries das Wulff patterns.
 
    A excelente flutuabilidade desta isca é aumentada ainda por ter a parte interna de seu corpo feita de pêlos. De grande visibilidade na água, é mais uma das que não podem faltar na sua caixa, sendo bastante efetiva na pesca de trutas, tilápias, saicangas, lambaris, piabanhas, pirapetingas entre outros peixes.


Materiais Utilizados:
 
  Anzol (hook): TMC 900 BL, TMC 100, tamanhos 8 à 16
  Linha (thread): Preta, 6/0, 8/0 ou 10/0
  Asa (wing): Elk hair
  Cauda (tail): Elk hair
  Corpo (body): Floss amarelo ou Antron
  Hackle: Duas penas do pescoço do galo (marom e grizzly)

 
Ferramentas Utilizadas:

  1 - Half Hich Tool
  2 - Whip Finisher
  3 - Hair Stacker
  4 - Bobina
  5 - Tesoura
  6 - Rotary Hackle Plier


 

              Passo a Passo:

1- Ate a linha à haste do anzol, conforme a foto.

2- Separe uma porção de elk hair, retire o sub-pêlo e acerte as pontas no hair stacker. Ate o tufo com as pontas em direção ao olho do anzol.

3- Corte o excesso de elk em ângulo para obter um corpo homogêneo. Cubra-o com uma camada de linha.

4- Passe a linha para frente do elk, enrolando algumas voltas para que o pêlo fique para cima.

 

5- Divida-o ao meio e cruze a linha em X para que forme as duas asas da isca. Dê um nó e coloque um pingo de cola na região da divisão da asa.

6- Pegue um tufo de elk, retire o sub-pêlo, acerte-o no hair stacker e ate-o para formar a cauda. Corte o excesso em ângulo e dê uma camada de linha.

7- Ate o floss amarelo e enrole-o para formar o corpo. Corte o excesso, dê um nó e passe cola.

8- No ponto onde você terminou o corpo, ate duas penas de pescoço de galo (uma marrom e outra grizzly) pela base.

9- Enrole as penas, começando antes da asa e terminando depois.

 

10- Dê um nó, corte os excessos de penas e enrole algumas voltas de linha para formar a cabeça da isca. Dê um nó de finalização, corte a linha e passe cola.


    Lembre-se: sempre amasse a farpa do anzol, pois esta atitude só trará benefícios para você e para o peixe.