Ted Stone

Texto e Fotos: Sergio E. Marchioni (100)
E-mail do autor: pescacommosca@uol.com.br


    Esta é uma ninfa que assim como a Montana, não é uma imitação de um inseto específico. De grande eficiência, muitas vezes a utilizo no lugar da Montana, quando esta não está tendo boa produtividade. É mais uma isca que deve fazer parte de sua caixa de moscas, seja para o ambiente natural ou para o pesque-pague.


Materiais Utilizados:
 
  Anzol (hook): TMC 5263 ou Mustad 9672, tamanhos 6 à 10
  Linha (thread): Preta, 6/0
  Wingcase: Chenille marrom
  Cauda (tail): Biot vermelho (amarronzado)
  Tórax (thorax): Chenille laranja
  Corpo (body): Chenille marrom
  Hackle: Pena de galo preta

 
Ferramentas Utilizadas:

  1 - Tesoura
  2 - Bobina
  3 - Rotary Hackle Plier
  4 - Whip Finisher


 

              Passo a Passo:

`

1- Ate a linha à haste do anzol, conforme a foto.

2- Para formar a cauda, ate um par de biot (vermelho) em V.

3- Coloque o chenille marrom, enrolando a linha até próximo à curvatura do anzol. Volte com a linha até mais ou menos a metade da haste do anzol; dê uns 2 nós.

4- Enrole o chenille marrom em volta da haste do anzol, até onde parou com a linha (centro da haste). Prenda o chenille com a linha, dando alguns nós. Lembre-se que esta amarração deverá ser feita de modo que o excesso de chenille fique para cima da haste, pois será utilizado para fazer o "wing-case".

5- Onde parou com o chenille, prenda uma pena de galo pela base.

 

6- Prenda o chenille laranja no mesmo lugar e enrole-o para formar o tórax. Dê um nó e corte o excesso de chenille laranja.

7- Enrole a pena em volta do chenille amarelo para formar o "hackle". Dê alguns nós e corte o excesso da pena.

8- Pegue o chenille marrom que sobrou atado ao anzol, e passe por sobre o chenille laranja para formar o "wing-case". Dê alguns nós, corte o excesso de chenille, passe cola e está pronto, agora é só pescar.


    Lembre-se: sempre amasse a farpa do anzol, pois esta atitude só trará benefícios para você e para o peixe.