Wiggle Minnow

Mosca: Gregório
Texto e Fotos: Sergio Marchioni


    Isca simples, confeccionada com materiais muito baratos, como EVA, Chenile, penas e brilhos. É de efetividade comprovada para peixes predadores como: tucunarés, black bass, robalos e etc. Para o Gregório, é uma de suas preferidas na pesca dos robalos pevas, e neste caso, trabalhada só com pequenos toques. A isca mergulha e volta a tona, praticamente no mesmo lugar.


Materiais Utilizados:
 
  Anzol (hook): Bass ou salt water, de 6 a 2/0.
  Linha (thread): Flat waxed, 3/0.
  Corpo (body): Chenile.
  Cauda (tail): Penas, brilhos sintéticos ou qualquer outra coisa adequada.
  Dorso (topping): EVA em tiras.
  Olhos (eyes): 1 olho 3D Molded, colado tipo ciclope.

 
Ferramentas Utilizadas:

  1 - Tesoura
  2 - Bobina
  3 - Bodkin


 

              Passo a Passo:

1- Escolher uma tira de EVA de espessura e largura adequada por tamanho de anzol. Por exemplo: anzol BS número 2 EVA 8 mm de largura por 4 mm de espessura. Chanfrar com um dremel ou lixa a parte da frente do EVA, conforme a foto.

2- Perfure o EVA com o anzol, conforme a foto.

3- Coloque o EVA rente ao olho do anzol e ao lado, prenda o Chenile. Vá com a linha até o início da curvatura.

4- Enrole o Chenile em volta da haste do anzol, prenda-o com a linha, dê um nó e corte o excesso.

5- Ate 6 penas de galo (3 de cada lado) para formar a cauda.

6- Prenda alguns fios de Flashabou perolado de cada lado da cauda.

7- Dê um pingo de bonder onde o EVA é transpassado pelo anzol.

8- Dê um pingo de bonder e prenda o EVA com a linha.

9- Dê um nó de finalização, corte o excesso de EVA, corte a linha e mais um pinguinho de bonder na linha.

10- No EVA e um pouco acima do olho do anzol, cole um olho 3D Molded.


    Lembre-se: sempre amasse a farpa do anzol, pois esta atitude só trará benefícios para você e para o peixe.